Quem Somos

A HISTÓRIA DE NOSSA TRAJETÓRIA

Em 1971, o Srº. Kazuo Irisawa, fundou a Associação de Acupuntura do Estado de São Paulo, preocupado com as dificuldades técnicas e legais encontradas pelos colegas que exerciam a mesma atividade.

Os mesmos apoiaram a iniciativa profissional, dentre os quais destacam – se: Sakae Sugita, Shingyo Jonen, Chen Lin Chin, Maria Hak Seng Choi, Chan Gweon Park, Yoshiharu Hirafuji, Helena Terko Yamaguchi, Wong Shing, Yoco Nakato, Isamu Oga, Migaki Kubo, Masakazu Kato, Walter Yokio Tamura entre outros.

Desta forma, iniciaram um movimento de luta pela valorização das técnicas de Acupuntura aprendidas no Oriente.

Este grupo foi tomando corpo e a Acupuntura passou a ser mais aplicada no Território Nacional, assim surgiu a União Nacional dos Profissionais em Acupuntura, Moxa-Bustão, Do-In e Quiropratica do Estado de São Paulo, primeiro no Brasil, e que impugnou judicialmente o SINTE, em 1995.

Essa idéia de vanguarda do líder Kazuo Irisawa, teve o apoio de vários colaboradores provenientes de outros Municípios e Estados – Srs. Shigeharu Miyai, Yassuhiro Tone, Liu Su Te, Constantino Jose da Silva, Joji Sugano e outros.

Com o Aparecimento desse Sindicato, os profissionais de outros estados do Brasil conseguiram organizar-se em seus próprios Estados: Paraná, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais, e mato Grosso do Sul.

A partir da existência de vários Sindicatos, os presidentes juntamente com os Sindicalizados resolveram, em 1990, criar a Federação Nacional dos Profissionais em Acupuntura, Moxa-Bustão, DO-In e Quiropratica, atualmente na Presidência está o Sr. Marcelo Fabian Oliva. Infelizmente, em 20/02/98, como conseqüência de acidente automobilístico sofrido em novembro de 1997, faleceu o Srº Kazuo Irisawa, que ocupava a Presidência do sindicato.

Em 1998, iniciou-se um trabalho político com o objetivo de agregar todas as entidades representativas da classe que culminou com a eleição de uma nova Diretoria, realizada através de uma Assembléia Geral Extraordinária, composta por representantes da ABA, ABAK, ABTK, ANBATH, ANDEMO, ANAMO, CEATA, EOMA, REVIVER e UBRAP.

Com a finalidade de modernizar e ativar o Sindicato profundas mudanças administrativas e técnica foram promovidos.

Dentre elas a alteração do nome para SATOESP – Sindicato dos Acupunturistas e Terapias Orientais do Estado de São Paulo, a partir daí foi criado o Código de Ética, a prestação de Serviços Jurídicos e Contábeis para os Sindicalizados.

Sob a Coordenação de um novo Presidente, o Srº. Edson Toyoji Murasaki, e contando com as entidades acima, consolidou seu trabalho junto aos poderes legislativo executivo, Municipais, Estaduais e Federais, executou um trabalho transparente em busca da qualificação do Profissional de Acupuntura e Terapia Orientais, para distingui-los de outros profissionais não habilitados.

Sob a Presidência do Srº Henrique Cirilo, o SATOESP continuou a luta pelo reconhecimento desses profissionais, frente a todos os órgãos públicos.

Também pela melhor qualificação dos mesmos, para que tenham o merecido reconhecimento não somente das esferas governamentais, mas também de toda a população.

Hoje sob a presidência do Srº Odair Carlos Sabioni, além de continuar a luta pelo reconhecimento dos profissionais não só de Acupuntura, mas sim de todas terapias alternativas orientais, o SATOESP está procurando agregar todas as escolas dessa área, sempre em busca de melhorar a qualificação profissional.

Estamos ainda oferecendo mais vantagens aos nossos sindicalizados, tais como: descontos em cursos oferecidos pelas escolas cadastradas no SATOESP; parcerias com varias empresas com a finalidade de que estas ofereçam descontos aos sindicalizados; divulgação dos profissionais no site do SATOESP; cursos com 50% do valor oferecido no mercado.